segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Exercícios sobre O feudalismo e a igreja medieval ( história)


 01. (UFRR – 2009) Com a decadência do Império Romano, a Europa se ruralizou. As atividades comerciais estavam reduzidas e concentradas em algumas regiões. O poder político estava pulverizado nas mãos de nobres e de proprietários rurais, que também controlavam os exércitos locais, as fortificações e os castelos. Na Europa feudal a vida girava em torno da grande propriedade rural, o feudo, que tendia para a auto-suficiência, tendo em vista que produzia quase tudo que precisava. Sobre o Feudalismo é correto afirmar:

a) Na sociedade feudal os servos, como os escravos, não tinham qualquer direito, viviam presos à terra e dela não podiam sair.
b) O Feudalismo desenvolveu-se da mesma forma e com as mesmas características em toda a Europa.
c) Na época feudal, a Igreja era uma instituição fraca, pois não tinha uma influência significativa nas relações entre senhores e servos.
d) A sociedade feudal era estamental, ou seja, era fundamentada na origem e nas funções sociais exercidas pelas pessoas.
e) Ainda que o poder local fosse controlado pela nobreza, no sistema feudal a autoridade absoluta era exercida pelo rei.

02. (UNAMA/PA – 2009) Feudo é um termo que possivelmente veio do latim (feodum, ou do latim vulgar feudum). Ele designa a terra que o senhor feudal outorgava a seus servos ou vassalos em contrato de vassalagem. Por este contrato, comum no mundo feudal europeu da Idade Média, as obrigações eram:

a) desiguais, pois o vassalo poderia plantar e ter proteção na terra feudal, em contrapartida devia cumprir uma série de obrigações como a corveia, a talha e deveres militares e de hospitalidade para com os nobres, tornando-se seu servo.
b) parcialmente desiguais, pois os servos moravam nas terras senhoriais, pagavam impostos e deviam obrigações aos senhores, mas estavam livres para trocarem de senhores caso ocorressem abusos dos donos das terras.
c) relativamente igualitárias, porque – tanto os senhores se beneficiavam com o trabalho e impostos dos servos – como estes recebiam terra de graça, roupa, alimentos e proteção senhorial em uma relação de trabalho livre.
d) desigual e de trabalho obrigatório e gratuito do servo para com o senhor feudal, já que este vassalo não apenas pagava impostos e tinha obrigações como a corveia, mas era tido como escravo ou propriedade de seu senhorio.

03. (UFPel/RS – 2009) “Eis dois homens frente a frente: um que quer servir; o outro, que aceita ou deseja ser chefe. O primeiro une as mãos e assim juntas coloca-as nas mãos do segundo [...] ao mesmo tempo a personagem que oferece as mãos pronuncia algumas palavras, muito breves, pelas quais se reconhece o homem de quem está na sua frente. Depois, chefe e subordinado beijam-se na boca: símbolo de acordo e de amizade. Eram estes os gestos que serviam para estabelecer um dos vínculos mais fortes que a época feudal conheceu.” (BLOC, Marc. A sociedade feudal. Lisboa: Edições 70,).
O texto aborda a cerimônia denominada “Homenagem”, típica do sistema feudal. As principais características deste sistema foram:

a) Sociedade hierarquizada, com predomínio de uma economia agrária, que favoreceu intensa troca comercial nos burgos e cidades italianas.
b) Fraca concentração urbana, com predomínio da economia agrária sob a organização do Estado monárquico forte, apoiado pelo clero e pela burguesia.
c) Poder do Estado enfraquecido, ritmo de trocas comerciais pouco intenso, uso limitado da economia monetária, predominando uma sociedade agrária.
d) Ampliação do poder do Estado, uma sociedade organizada em três camadas – clérigos, guerreiros e trabalhadores – e predomínio da economia rural.
e) Intensificação da produção agrícola pelo uso da mão de obra escrava, poder fortemente centralizado e submissão dos burgos ao domínio da Igreja.

04. (UEL/PR – 2008) Sobre a religiosidade medieval, é correto afirmar:

a) Com o fim do Império Romano, o Cristianismo, até então perseguido, difundiu-se pela Europa, sendo seus adeptos liberados dos impostos pagos pelos idólatras.
b) A prática da bruxaria, então disseminada nos meios clericais, provocou a reação dos crentes e a Revolução Protestante, levando à renovação da experiência cristã.
c) O ateísmo foi combatido duramente pela inquisição, tendo como conseqüência o desaparecimento dos descrentes até o século XVIII.
d) A experiência da reclusão foi bastante característica na vida religiosa do período medieval, sobressaindo-se a ordem beneditina, fundada sobre o princípio da vida dedicada à oração e ao trabalho.
e) A ativa participação dos leigos na instituição eclesiástica, assim como uma tendência ao enfraquecimento da hierarquia dessa, podem ser apontadas como características do período.


O conteúdo abordado por essas questões pode ser encontrado no REDE EDUCACIONAL na aula de história com o mesmo título. Acesse www.redeeducacional.com.br

 
Respostas: 01 – D; 02 – A; 03 – C; 04 – D.

2 comentários:

  1. Colo quem mais exercicios.

    ResponderExcluir
  2. poderia ter mais exercícios nééé....

    ResponderExcluir